• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dorival pede reforços: 'Como planejar se não podemos investir?'

  • COMPARTILHE
Esportes

Dorival pede reforços: 'Como planejar se não podemos investir?'

São Paulo - Após a derrota no clássico para o Corinthians, por 1 a 0, na noite de quarta-feira, o técnico Dorival Júnior reconheceu que é muito difícil repor à altura os três jogadores de seleção brasileira que desfalcam o Santos neste início de Campeonato Brasileiro e cobrou reforços para a sequência da competição.

"Avisamos que isso iria acontecer. E não tínhamos como ir ao mercado, não tivemos possibilidade de investimento. Nosso investimento até o Brasileiro foi de R$ 2 milhões. Como planejar se não podemos investir?"

O Santos sofre com três ausências importantes: Lucas Lima e Gabriel, que estão com o técnico Dunga nos Estados Unidos, e Ricardo Oliveira, que foi cortado da seleção por causa de uma contusão no joelho.

"Espero por mais peças. Ainda não tivemos a possibilidade de estrear nenhuma contratação feita e temos agora de ter tranquilidade para colocar esses jogadores em campo", disse Dorival.

Quatro jogadores que chegaram para essa temporada ainda não estrearam pelo Santos: o atacante Rodrigão, ex-Campinense, o atacante Jonathan Copete, ex-Atlético Nacional, da Colômbia, o meia Emiliano Vecchio, que estava no futebol do Catar, e Yuri, zagueiro, que disputou o Paulistão pelo Audax.

Sobre o resultado no clássico, Dorival negou que o Santos tenha entrado em campo para empatar e justificou escalar uma equipe sem um atacante. "Tivemos uma estratégia. Não vim para empatar. Na segunda etapa, fizemos alterações para buscar o gol a todo o momento", afirmou.