• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Arena Pantanal reabre dia 20 com preços populares

  • COMPARTILHE
Esportes

Arena Pantanal reabre dia 20 com preços populares

Cuiabá - Correndo risco de virar um "Elefante Branco" num estado que há muitos anos não tem um time na primeira divisão do futebol brasileiro, a Arena Pantanal será reaberta no próximo dia 20 de julho, com o jogo entre Cuiabá e Paysandu, na primeira rodada pós-Copa da Série C do Brasileirão.

A partida será o primeiro teste da viabilidade da Arena para o futebol mato-grossense. Afinal, já foram realizados oito jogo no estádio de Cuiabá, mas todos com a presença de grandes equipes. Foram quatro partidas com a presença de clubes do futebol brasileiro e quatro jogos da Copa do Mundo.

O estádio foi inaugurado com o jogo entre Mixto e Santos, pela Copa do Brasil, dia 2 de abril. Depois, a Arena Pantanal recebeu Luverdense x Vasco, pela Série B, e Cuiabá x Inter, pela Copa do Brasil. Em maio, o estádio foi alugado para o jogo entre Santos e Atlético Mineiro, pelo Brasileirão.

Nesta última partida os ingressos variaram de R$ 60 a R$ 80. Já no jogo entre Cuiabá e Paysandu as entradas custam R$ 20, conforme anunciado pelo clube mato-grossense nesta sexta. Nos três jogos que o Cuiabá fez na Série C até aqui, todos em Lucas do Rio Verde (MT), a arrecadação somada não atingiu R$ 2 mil.

No último fim de semana, o governo do Mato Grosso informou que vai manter as arquibancadas removíveis na Arena Pantanal, que foram colocadas inicialmente para que o estádio atingisse 43.150 assentos durante a Copa do Mundo. Assim, o local não irá reduzir a capacidade para 20 mil lugares, como poderia ser feito caso houvesse o interesse.

O projeto do estádio em Cuiabá foi concebido para que as arquibancadas dos setores norte e sul (atrás dos gols), construídas em estrutura metálica, pudessem ser retiradas depois da Copa. Mas o governo estadual avisou que não tomará tal medida.

Encerrada sua participação na Copa do Mundo, a Arena Pantanal terá sua administração concedida à iniciativa privada, em licitação prevista para acontecer em até 90 dias. A expectativa é de que o contrato seja de 30 anos, mas o valor ainda não foi definido.