• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após show no Mundial de Vôlei de Praia, Brasil tem início quase perfeito na Suíça

Esportes

Após show no Mundial de Vôlei de Praia, Brasil tem início quase perfeito na Suíça

Medalhistas de prata no Mundial, Fernanda Berti e Taiana formam apenas a quarta dupla brasileira do ranking. Por isso, precisam jogar o qualifying dos principais eventos

Brasil segue sendo soberano no Circuito Mundial de Vôlei de Praia Foto: Divulgação

Gstaad - Depois de colocar três duplas no pódio do Campeonato Mundial de Vôlei de Praia, o Brasil segue sendo soberano no Circuito Mundial. Nesta quarta-feira, na abertura da chave principal do Grand Slam da Gstaad (Suíça), as brasileiras tiveram um dia quase perfeito, com oito vitórias em nove possíveis. Só Maria Clara/Carol, que não foi ao Mundial, teve uma estreia ruim.

As campeãs mundiais foram perfeitas. Ágatha/Bárbara Seixas não se desconcentraram depois da conquista na Holanda e venceram os dois primeiros jogos na Suíça por 2 a 0. Bateram as alemãs Bieneck/Grossner (21/13 e 21/19) e as canadenses Valjas/Broder (21/19 e 21/15).

Medalhistas de prata no Mundial, Fernanda Berti e Taiana formam apenas a quarta dupla brasileira do ranking. Por isso, precisam jogar o qualifying dos principais eventos. Elas furaram o quali na terça e, nesta quarta, também ganharam dois jogos por 2 a 0. Passaram pelas austríacas Schwaiger/Hansel (21/16 e 21/18) e pelas russas Ukolova/Birlov (21/16 e 22/20).

Juliana e Maria Elisa reencontraram Laboureur/Sude, da Alemanha, dupla da qual as brasileiras perderam na fase de classificação do Mundial. Nesta quarta a história foi outra, com vitória do Brasil por 2 a 1 (21/11, 19/21 e 15/12). Antes, Juliana/Maria Elisa haviam batido Take/Mizoe, do Japão, com duplo 21/18.

No Grupo A estão duas duplas brasileiras, que se enfrentaram nesta quarta-feira. Larissa/Talita fez 2 a 0 (21/10 e 21/11) sobre Maria Clara/Carol. As irmãs cariocas, que ficaram fora do Mundial, já haviam perdido, antes, para Fendrick/Sweat (EUA), por 2 a 0 (21/13 e 21/16). Já Larissa e Talita, eliminadas nas oitavas do Mundial, começaram o Grand Slam de Gstaad ganhando de Ma/Xia, da China, com parciais de 21/16 e 21/13.

A chave feminina segue na quinta-feira com a última rodada da fase de grupos, apenas. Para sexta-feira estão previstas três fases eliminatórias. Já a chave masculina começa na quinta, com duas rodadas da primeira fase. O Brasil tem três times: Alison/Bruno Schmidt, Evandro/Pedro Solberg e Ricardo/Emanuel. Álvaro Filho/Vitor Felipe não competem em Gstaad porque vão para o Pan de Toronto.