• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Magnata da Hyundai anunciará candidatura à presidência da Fifa em agosto

  • COMPARTILHE
Esportes

Magnata da Hyundai anunciará candidatura à presidência da Fifa em agosto

Seul - Magnata da Hyundai e ex-vice-presidente da Fifa, o sul-coreano Chung Mong-Joon revelou que pretende anunciar oficialmente a sua candidatura ao comando da entidade máxima do futebol mundial durante uma viagem pela Europa no próximo mês.

A Fifa marcou para 26 de fevereiro a eleição que definirá o substituto de Joseph Blatter, que ocupa a presidência há décadas. Em uma entrevista anterior, à agência de notícias Associated Press, Chung Mong-Joon disse que um presidente de fora da Europa ajudaria a levar "novos ares" à Fifa.

O sul-coreano disse acreditar que a Fifa se tornou mais corrupta após sua saída da entidade em 2011. "Não vai ser fácil, mas acredito que valerá a pena, e pode haver bons resultado se me esforçar o suficiente", disse Chung Mong-Joon sobre sua potencial candidatura. "Tenho a intenção de anunciar oficialmente a minha candidatura em meados de agosto, e, se for possível, na Europa, o centro do futebol mundial".

A Fifa enfrenta a sua pior crise após acusações e prisões de 14 pessoas, incluindo dois dos seus vice-presidentes, que foram detidos em Zurique, em uma investigação norte-americana por suposta corrupção, suborno e lavagem de dinheiro no futebol.

Chung Mong-Joon, que foi uma figura-chave para a escolha da Coreia do Sul para sediar junto ao Japão a Copa do Mundo de 2002, foi vice-presidente da Fifa durante 17 anos. Antes de perder o seu cargo em 2011 chegou a ser considerado um candidato a suceder Blatter. O herdeiro do grupo empresarial Hyundai também foi parlamentar e candidato à presidência da Coreia do Sul.