• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Brasil fica em 5º no 4x100m medley no último dia do Mundial de Budapeste

Esportes

Brasil fica em 5º no 4x100m medley no último dia do Mundial de Budapeste

Budapeste - O Brasil encerrou sua participação no Mundial de Esportes Aquáticos de Budapeste, na Hungria, com o sétimo lugar de Brandonn Almeida nos 400 metros medley e o quinto no revezamento 4x100m medley. A competição foi encerrada neste domingo com dois novos recordes mundiais, ambos no feminino.

Guilherme Guido, João Gomes Júnior, Henrique Martins e Marcelo Chierighini formaram o time brasileiro. Juntos, obtiveram o quinto lugar, com o tempo de 3min31s53, na final do revezamento 4x100 medley.

Liderado por Caeleb Remel Dressel, o time dos Estados Unidos faturou o ouro, com 3min27s91. A Grã-Bretanha levou a prata, com 3min28s95, e a Rússia obteve o bronze, com 3min29s76.

Nos 400 metros medley, Brandonn Almeida bateu na sétima e penúltima colocação da final, com 4min13s00. O ouro ficou com o norte-americano Chase Kalisz, com 4min05s90, enquanto a prata foi obtida pelo local David Verraszto , com 4min08s38. O japonês Daiya Seto, com 4min09s14, faturou o bronze.

Um dos destaques do masculino deste último dia do Mundial foi o francês Camille Lacourt. Ele se sagrou tricampeão mundial dos 50 metros costas, com 24s35. Foi sua despedida da carreira, aos 32 anos. O japonês Junya Koga levou a prata, com 24s51, e o norte-americano Matt Grevers levou o bronze, com 24s56.

RECORDES NO FEMININO - Duas novas marcas mundiais foram alcançadas nas provas femininas deste domingo. Nos 50 metros peito, a norte-americana Lilly King faturou o ouro, com o tempo de 29s40, abaixo dos 29s49 da lituana Ruta Meilutyte, que ficou em quinto na final deste domingo. A prata ficou a russa Yulyia Efimova (29s59) e o bronze, com a americana Katie Meile (29s99).

O outro recorde mundial veio no revezamento 4x100 metros medley. Liderada pela mesma Lilly King, a equipe dos Estados Unidos anotou 3min51s55, superando marca que já pertencia ao time americano. Kathleen Baker, Kelsi Worrel e Simone Manuel também integraram o time. As russas levaram a prata, com 3min53s38, e as australianas faturaram o bronze, com 3min53s59.

Recordista na semifinal, no sábado, a sueca Sarah Sjostrom confirmou o favoritismo nos 50 metros livre neste domingo, porém sem nova marca mundial. Ela anotou 23s69, contra 23s85 da holandesa Ranmi Kromowidjojo e 23s97 da americana Simone Manuel.

Em uma das provas que mais levantou o público na Danúbio Arena, Katinka Hosszú conquistou sua quarta medalha neste Mundial, a segunda de ouro, nos 400 metros medley. Com ampla vantagem - foram quase três corpos de frente -, ela bateu em primeiro lugar, com o tempo de 4min29s33, causando barulho entre os mais de 12 mil presentes na arena.

A espanhola Mireia Belmonte faturou a prata, com 4min32s17, enquanto a canadense Sydney Pickrem levou o bronze, com 4min32s88.