• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Asafa Powell vence prova dos 100 metros no GP Brasil

Esportes

Asafa Powell vence prova dos 100 metros no GP Brasil

Asafa foi punido pela Comissão Antidoping da Jamaica por testar positivo para o estimulante oxilofrina em seletiva jamaicana para o Mundial de Atletismo, em junho do ano passado

Belém - Principal atração do GP Brasil de Atletismo, Asafa Powell não decepcionou neste domingo no Estádio Olímpico do Pará, em Belém. O velocista jamaicano confirmou o seu favoritismo e venceu a disputa dos 100 metros livre com o tempo de 10s02, a sua melhor marca na atual temporada.

Asafa foi punido pela Comissão Antidoping da Jamaica por testar positivo para o estimulante oxilofrina em seletiva jamaicana para o Mundial de Atletismo, em junho do ano passado. A punição de 18 meses, que era de caráter retroativo, foi anunciada em abril. Mas, após recurso, a pena foi reduzida pela Corte Arbitral do Esporte para seis meses, liberando-o para retornar às pistas.

Assim, Asafa voltou a competir em julho. E neste domingo ele venceu a disputa dos 100 metros em Belém. O jamaicano superou o norte-americano Steve Bracy, medalhista de prata nos 60 metros no Mundial Indoor deste ano, que ficou em segundo lugar, com 10s14. Dentarius Locke, também dos Estados Unidos, foi o terceiro, com 10s17.

"Foi muito competir aqui, com o apoio do público", disse Asafa, de 31 anos, ex-recordista mundial dos 100 metros, com 9s72. "Estava preocupado com o Marvin Bracy, que é jovem e vem conseguindo boas marcas", completou o jamaicano.

Asafa revelou que espera baixar a marca de 10 segundos ainda neste ano e vai trabalhar para retornar ao Brasil em 2014 para competir nos Jogos do Rio. "Estou gostando muito de Belém e ainda hoje quero experimentar açaí", brincou. "Agora quero melhorar minha marca este ano e iniciar uma séria preparação para buscar um lugar na Olimpíada de 2016", completou.

A versão feminina dos 100 metros, foi vencida pela norte-americana Barbara Pierre, com o tempo de 11s29, apenas 0s1 mais rápida do que a segunda colocada, a compatriota Tiffany Townsend. Já a brasileira Rosângela Santos ficou na terceira colocação com o tempo de 11s47.

Na primeira disputa de medalha do dia em Belém, Mahau Suguimati venceu os 400 metros com barreiras no GP Brasil com o tempo de 49s09. O porto-riquenho Eric Alejandro foi o segundo colocado, com 49s11, à frente do norte-americano Justin Gaymon, com 49s53.