• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Apresentado com Felipe Seymour, Jorge Henrique é 'escalado' por Eurico no Vasco

Esportes

Apresentado com Felipe Seymour, Jorge Henrique é 'escalado' por Eurico no Vasco

Rio - Recém-contratados pelo Vasco, o meia-atacante Jorge Henrique e o volante Felipe Seymour já vinham treinando e foram apresentados como reforços na manhã desta sexta-feira, em São Januário, pelo presidente Eurico Miranda. Ambos já estão com seus contratos, válidos até o fim do ano, regularizados. E o dirigente já "escalou" Jorge Henrique para o duelo deste sábado com o Coritiba, no Maracanã, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"Estamos aqui para fazer a apresentação oficial do Felipe, que estava ultimamente no Cruzeiro e vai nos ajudar bastante. O outro que trouxemos é o 'pouco conhecido' Jorge Henrique. Ele está aqui e já aviso que irá jogar amanhã. São jogadores que dispensam apresentações", declarou o presidente vascaíno.

Com 33 anos, Jorge Henrique tem passagens por outros grandes clubes do futebol brasileiro, como Corinthians, Internacional e Botafogo. O meia-atacante garantiu estar a apto a ajudar o Vasco a iniciar uma recuperação.

"Gostaria de agradecer ao Eurico pela oportunidade de estar aqui hoje. Queria ter vindo antes, mas tivemos um imprevisto. Já estou pronto para ajudar a partir de amanhã. A situação não é ruim, pois o campeonato ainda não acabou. Vim para ajudar o grupo, e juntos iremos fazer de tudo para manter o clube em seu lugar, que é a primeira divisão. O Vasco é um time grande e precisa ser respeitado em todos os lugares", disse.

Felipe Seymour, de 28 anos, chamou atenção ao conquistar o título da Copa Sul-Americana de 2011 pela Universidad de Chile. Ele estava no Cruzeiro, mas vinha sendo pouco aproveitado, e admitiu que não é fácil chegar a um clube que luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, mas prometeu ser útil ao Vasco.

"Estou muito feliz por estar no Vasco. Podem ter certeza que irei trabalhar forte para conquistar meu espaço. O time está numa situação delicada, mas o Vasco é um clube muito grande e não merece o que está passando. Gostaria de agradecer ao presidente, ao clube, pela confiança. Ainda faltam muito jogos, mas temos que pensar jogo a jogo. Iremos encarar cada partida como uma final", afirmou o jogador chileno.