• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bolinha perde semifinal, mas fica com o bronze no Mundial Juvenil de boxe

  • COMPARTILHE
Esportes

Bolinha perde semifinal, mas fica com o bronze no Mundial Juvenil de boxe

O brasileiro Luiz Oliveira, o Bolinha, perdeu por pontos para o inglês Ivan Price, nesta terça-feira, na semifinal da categoria pesos moscas (até 52 quilos) do Mundial Juvenil de boxe, que está acontecendo em Budapeste, na Hungria. A decisão dos jurados foi de 3 a 2 a favor do pugilista britânico.

Bolinha venceu três combates para subir ao pódio e ficar com a medalha de bronze - não há disputa de terceiro lugar no boxe. Na estreia, bateu por pontos, após três assaltos, o russo Boris Karibian. Na sequência, derrotou o jordaniano Mohammad Algharaghir por nocaute técnico no terceiro assalto. Nas quartas de final, venceu Karim Serkebayev, do Casaquistão, por pontos.

Em maio deste ano, nos Estados Unidos, o neto de Servílio de Oliveira - medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos da Cidade do México-1968 - conquistou um importante título internacional ao vencer boxeadores que estiveram também no Mundial Juvenil na Hungria. Agora, Bolinha mantém a sua concentração para obter uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, em 2020.

Ainda nesta terça-feira, o Brasil pode ter uma pugilista na decisão da categoria pesos leves (até 60 quilos). Após três vitórias, Rebeca Santos avançou à semifinal e enfrenta a britânica Caroline Dubois, irmã do pugilista peso pesado Daniel Dubois. Assim como Bolinha, a brasileira já garantiu a medalha de bronze.

Além de Luiz Oliveira e Rebeca Santos, a delegação brasileira em Budapeste conta com outros seis lutadores, que já foram eliminados. São eles: Rafael Bender (49 kg), Laion Durães (56 kg), Pedro Conceição (60 kg), Iury Reges (64 kg), Kaue Belini (69 kg) e Keno Machado (75 kg).