• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após polêmica, Pirelli e FIA definirão 'procedimentos claros' para pneus na F1

  • COMPARTILHE
Esportes

Após polêmica, Pirelli e FIA definirão 'procedimentos claros' para pneus na F1

Marina Bay - As recentes polêmicas envolvendo os pneus na Fórmula 1 vão levar a Pirelli, a fornecedora de compostos para as equipes, a se reunir com a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) com a intenção de definir um procedimento mais claro para a medição da pressão dos pneus. O anúncio foi realizado pela Pirelli às vésperas do GP de Cingapura, que será disputado no próximo fim de semana.

"Durante estes dias, também vamos definir, em conjunto com a FIA, um procedimento mais claro permitindo que as equipes possam acompanhar mais facilmente as regras relativas ao uso dos pneus. Isso é importante para evitar quaisquer mal-entendidos, dando aos times indicações mais precisas a cumprir, assim, evitando o que aconteceu com a Mercedes em Monza", afirmou Paul Hembery, diretor esportivo da Pirelli.

Na última prova da Fórmula 1, o GP da Itália, no circuito de Monza, a Mercedes foi alvo de investigação após a constatação de que os pneus dos carros do inglês Lewis Hamilton e do alemão Nico Rosberg estavam abaixo da pressão recomendada pela Pirelli antes da largada. Isso colocou em xeque a vitória de Hamilton, que acabou sendo confirmada, pois os comissários de pista optaram por não puni-lo, assim como a equipe e Rosberg.

A avaliação foi de que a Mercedes agiu em conformidade com as regras. Porém, os comissários destacaram a importância dos detalhes dos procedimentos se tornarem mais claros, o que parece próximo de se tornar viável com as reuniões que devem ocorrer entre Pirelli e FIA.

Antes disso, na prova anterior, o GP da Bélgica, os pneus também estiveram no centro das atenções após compostos estourarem com Rosberg, durante um treino livre, e o alemão Sebastian Vettel, nas voltas finais da corrida, o que o impediu de ir ao pódio no circuito de Spa-Francorchamps.