• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Artilheiro no Criciúma, corintiano Gustavo passou em branco na Europa

Esportes

Artilheiro no Criciúma, corintiano Gustavo passou em branco na Europa

São Paulo - Antes de alcançar a artilharia da Série B do Campeonato Brasileiro pelo Criciúma, o atacante Gustavo viveu uma fase difícil. O novo candidato à camisa 9 do Corinthians foi emprestado três vezes pelo time catarinense em quase dois anos. Em uma delas, atuou pelo Nacional da Ilha da Madeira, de Portugal, mas não fez nenhum gol em 19 partidas. No Tubarão, foram três gols em oito jogos. Ele só deslanchou depois de um trabalho técnico para aperfeiçoar a finalização feito com o treinador Roberto Cavalo no início deste ano.

Descoberto em um campo de várzea na sua terra natal, Iguapé, litoral de São Paulo, Gustavo começou a chamar a atenção dos grandes clubes na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2014. Pelo Taboão da Serra, foi um dos artilheiros com nove gols.

Foi contratado pelo Criciúma como uma aposta, mas não conseguiu se firmar. Depois de poucas oportunidades, foi emprestado para o Resende, do Rio de Janeiro, e em seguida para o Tubarão, também de Santa Catarina, onde fez três gols em oito partidas. "Ele é um trabalhador. É um jogador que se dedica muito. Teve uma passagem muito boa", afirma Luiz Henrique Martins Ribeiro, presidente do Tubarão.

O empréstimo seguinte para o Nacional, de Portugal, no qual viveu um longo jejum. Em 19 jogos (13 pelo Campeonato Português, dois pela Taça da Liga e quatro pela Taça Portugal), não fez nenhum gol. "Ele mostrou alguns problemas de finalização. Era possível perceber que ficava ansioso quando os jogos iam passando e ele não marcava", diz Saturnino Sousa, chefe de comunicação do clube português. "No final do empréstimo, o retorno ao Brasil foi decidido em comum acordo", completa.

Gustavo novamente retornou ao Brasil. Antes de ser emprestado pela quarta vez pelo Criciúma, pediu para ficar. Depois de um período um período complementar de treinamentos com o técnico Roberto Cavalo, com foco nos fundamentos técnicos, Gustavo deslanchou e ganhou o apelido Gustagol. Foi contratado pelo Corinthians como atual artilheiro da Série B com 11 gols em 18 jogos. Somando todas as idas e vindas pelo Criciúma, soma 18 gols em 52 jogos. Detalhe: todos os gols foram feitos em 2016.