• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Pikachu pede reação imediata do Vasco: 'Não há tempo para lamentações'

  • COMPARTILHE
Esportes

Pikachu pede reação imediata do Vasco: 'Não há tempo para lamentações'

Yago Pikachu admitiu que o sinal de alerta está ligado no Vasco por causa da sequência de três derrotas seguidas e só um ponto de diferença para a zona de rebaixamento. O meio-campista pregou união para que o time carioca consiga fugir das últimas posições e ter tranquilidade no torneio.

"Temos mais um jogo importante no domingo, mais um confronto direto, e dessa vez não há tempo para lamentações. É vencer ou vencer para sairmos dessa situação o mais rápido possível. É complicado trabalhar com tanta pressão, mas estamos jogando num time grande e temos de saber lidar com isso. A responsabilidade por esse momento é toda nossa, dos jogadores. A solução está dentro do vestiário, então vamos nos unir ainda mais para revertermos o quanto antes essa situação", disse Pikachu em entrevista ao site oficial do clube, publicada na sexta-feira.

Em 16° lugar na competição, o Vasco tem 24 pontos, dois a menos do que o Vitória, adversário deste domingo, fora de casa. O último resultado negativo da equipe vascaína aconteceu na quinta-feira, quando foi a Belo Horizonte e, no Independência, perdeu por 2 a 1 para o América-MG.

"O América-MG foi muito superior ao nosso time na etapa inicial, pois não conseguimos marcar, não conseguimos criar, não conseguimos fazer nada. No segundo tempo, depois da conversa que tivemos no vestiário, acredito que melhoramos e conseguimos o empate. Infelizmente, não deu tempo da gente crescer ainda mais na partida. Sofremos o segundo gol logo depois. Estamos num momento muito difícil e precisamos ser fortes psicologicamente. Essa foi a nossa terceira derrota seguida e isso está nos incomodando muito", afirmou o meio-campista.

Pikachu lembrou de boa partida fora de casa do Vasco, contra o Atlético Mineiro, há duas semanas. Na ocasião, também no Independência, a equipe carioca sofreu forte pressão, mas empatou por 0 a 0 e chegou a ter uma chance para vencer o duelo, mas o chute de Andrey foi defendido por Victor no desfecho de um contra-ataque.

"Conseguimos fazer boas partidas fora de casa durante o Brasileiro. O jogo contra o Atlético-MG, que aconteceu há pouco tempo, mostrou que nossa equipe possui condições de conquistar pontos fora de casa. O que não podemos é entrar em campo achando que iremos vencer de qualquer maneira. Temos de colocar na cabeça que todas as partidas são complicadas. Agora iremos enfrentar um adversário que também está pressionado, então temos que ter tranquilidade e colocar em prática o que fazemos nos treinos. Vencer é importante para pegarmos confiança", disse o artilheiro do Vasco no ano, com 16 gols, mas que não marca há um mês.