• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bragantino vence ABC em Natal e escapa do descenso

Esportes

Bragantino vence ABC em Natal e escapa do descenso

Natal - O Estádio Frasqueirão, em Natal (RN), foi palco de cenas imprevisíveis. O ABC perdeu em casa para o Bragantino, por 2 a 0, diante de sua torcida que, curiosamente, torcia para o time paulista, que precisava vencer e torcer por um tropeço do América-RN para escapar do rebaixamento para a Série C. Como o rival do ABC, o América-RN, foi goleado pelo Paraná, por 4 a 1, a torcida abecedista comemorou duplamente.

Mesmo perdendo e no final do jogo ainda aplaudiu os jogadores visitantes como se fossem campeões por empurrarem o América-RN para a Série C em 2015. No final das contas, o ABC já estava livre da queda e não levou o jogo a sério. Terminou com 48 pontos, em 14.º lugar, enquanto o Bragantino, com 46 pontos, ficou em 16.º lugar e se livrou da queda para a Série C.

O primeiro tempo começou cinco minutos atrasado por catimba do time paulista. E foi morno. O ABC não forçou e nem tentou ir ao ataque, mas o Bragantino demonstrava muito nervosismo, errando muitos passes e não concluindo com perfeição.

Mas tudo mudou no começo do segundo tempo, quando Erick, que tinha saído do banco de reservas, arriscou o chute do lado esquerdo da área e o goleiro Willian falhou feio. A bola passou por baixo dele, entre suas pernas. Isso aos quatro minutos.

Já sabendo que o América perdia em Curitiba, por 2 a 0, o ABC não forçou o jogo e o Bragantino ampliou aos 44 minutos, num chute forte de Erick, desta vez no ângulo de Willian. Em seguida, o árbitro apitou o final do jogo. Enquanto isso, o América-RN já tinha caído ao ser goleado por 4 a 1, enquanto o Bragantino, de campanha muito fraca, escapou do humilhante rebaixamento.

FICHA TÉCNICA

ABC 0 X 2 BRAGANTINO

ABC - Willian; Jardel, Samuel, Robson e Luciano Amaral; Renan Silva, Michel Benhami (Gleidson), Xuxa e Ítalo (Chiclete); João Henrique e Alvinho (Moisés). Técnico: Roberto Fonseca.

BRAGANTINO - Matheus Inácio; Samuel Santos, Tobi, Leonardo e Bruno Recife; Yago, Geandro, Sandro (Magno) e Esquerdinha; Léo Jaime (Assis) e Mota (Eril). Técnico: André Gaspar.

GOLS - Erick, aos 4 e aos 44 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Anderson Daronco (RS).

CARTÕES AMARELOS - Luciano Amaral e Xuxa (ABC).

RENDA - R$ 17.376,00.

PÚBLICO - 2.699 torcedores.

LOCAL - Estádio Frasqueirão, em Natal (RN).