• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Julio Cesar admite evolução no Vasco após chegada de Nenê: 'Nossa referência'

Esportes

Julio Cesar admite evolução no Vasco após chegada de Nenê: 'Nossa referência'

Rio - O Vasco parecia ter o rebaixamento à Série B do ano que vem selado há meses, quando era o lanterna do Campeonato Brasileiro e acumulava derrota após de derrota. A partir da 24.ª rodada, no entanto, as coisas começaram a mudar, a equipe se estabeleceu e, se não nadou de braçadas, evoluiu a ponto de manter vivo o sonho de permanência na elite. Menos de um mês antes, havia estreado pelo clube Nenê, que chegou no meio do campeonato para ajudar a mudar o destino do time.

"Ele (Nenê) é nossa referência, um cara que fora de campo é espetacular, simples. Dentro de campo é o nosso líder, junto com o Rodrigo. Tecnicamente acima da média, com passagem no Paris Saint-Germain, sendo melhor do Campeonato Francês, não é fácil. O Nenê é muito importante pra gente e contra Coritiba vai decidir também", elogiou Julio Cesar, mirando o confronto decisivo de domingo.

Nenê atuou em 19 partidas do Brasileirão pelo Vasco, com sete vitórias, seis empates e seis derrotas. Se os números não são dignos dos melhores do Brasileirão, ao menos representaram uma grande evolução em relação ao primeiro turno, no qual o time somou somente 13 pontos em 19 partidas.

Mas Nenê não é o único que ajudou a mudar a cara do Vasco. No dia seguinte à estreia do jogador, o clube anunciou a contratação do técnico Jorginho, que também se transformou em peça fundamental nesta arrancada.

"A chegada do Jorginho foi essencial. Ele é um cara sensacional, treinador diferente. Nossa equipe o escuta muito, entende o que ele está pedindo. Abraçamos a causa dele. Isso foi o principal. Claro, nós jogadores nos fechamos em tirar o Vasco dessa situação. O Vasco não podia ficar nessa situação pela sua grandeza", reconheceu Julio Cesar.