• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após sorteio, diretor do Palmeiras avalia como difícil grupo da Libertadores

Esportes

Após sorteio, diretor do Palmeiras avalia como difícil grupo da Libertadores

Luque, Paraguai - Um dos representantes do Palmeiras no sorteio dos grupos da Copa Libertadores de 2017, na sede da Conmebol, em Luque, no Paraguai - o outro era o presidente Maurício Galiotte -, Alexandre Mattos, diretor de futebol do clube, analisou como difícil a chave que o time alviverde terá pela frente na competição continental. O atual campeão brasileiro jogará no Grupo 5 contra Peñarol, do Uruguai, Jorge Wilstermann, da Bolívia, e um time que sairá das fases preliminares.

Esta equipe poderá ser Carabobo (Venezuela) Atlético Tucumán (Argentina), Junior Barranquilla (Colômbia) ou El Nacional (Equador). "Libertadores é sempre muito difícil. Vamos pegar uma escola boliviana, outra uruguaia. No ano passado tivemos dificuldades no Uruguai (contra o Nacional). O Palmeiras aprendeu um pouco com a experiência deste ano", disse.

Sobre o elenco, Alexandre Mattos que a ideia para 2017 é manter a base e fazer contratações pontuais. "Fazer com calma e tranquilidade, trabalhar pontualmente. O Palmeiras tem time forte", disse o dirigente, que fez elogios ao novo técnico palmeirense. "Eduardo (Baptista) chega com um perfil que trabalhamos bastante, sabemos do potencial, é um estudioso, terá tempo adequado".