• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mercedes retoma domínio com pole de Rosberg no Japão; Massa larga em 5º

Esportes

Mercedes retoma domínio com pole de Rosberg no Japão; Massa larga em 5º

Suzuka - Os holofotes da Fórmula 1 se voltarão novamente para a disputa interna na Mercedes no Japão, depois de a equipe ser surpreendida pela Ferrari no GP de Cingapura, na semana passada. Sem conseguir acompanhar os rivais neste sábado, o time italiano viu Lewis Hamilton e Nico Rosberg disputarem a pole position, com triunfo do alemão sobre o inglês em Suzuka. Felipe Massa vai largar em 5º.

Rosberg faturou sua segunda pole da temporada ao marcar 1min32s584, superando por pouco Hamilton, que registrou 1min32s660. "Foi uma performance muito forte da equipe. É um retorno muito bom de todo o time depois de um fim de semana difícil em Cingapura", comemorou o alemão, 4º na corrida do fim de semana passado - Hamilton, líder do campeonato, não completou a prova.

Para seguir dominando o fim de semana em Suzuka, a Mercedes, que já liderou o terceiro treino livre, mais cedo, torce por pista seca na corrida de domingo, assim como esteve o traçado neste sábado. "Espero que tenhamos uma corrida em pista seca amanhã. Estava bem confortável pilotando no seco hoje cedo. E, se continuar assim, será muito bom", projetou Rosberg.

Apesar da pista seca, que contrastou com os treinos livres de sexta-feira, o treino em Suzuka reservou um susto para a torcida. Nos instantes finais da sessão, o russo Daniil Kvyat cometeu um erro na saída da curva 10, rodou na pista e até capotou sua Red Bull. O piloto não se machucou, mas terá que trabalhar à noite com os mecânicos para preparar o carro a tempo da largada de domingo.

Antes disso, a Mercedes impôs seu domínio desde o Q1, retomando o controle que demonstrara desde o início do ano, antes de ser superada de forma inesperada em Cingapura pela Ferrari. Desta vez, a Williams esteve à altura do time italiano para protagonizar boa disputa com Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen. E a Red Bull ficou fora da briga pelas primeiras posições.

O finlandês Valtteri Bottas obteve o terceiro tempo, atrás apenas da Mercedes, ao exibir grande performance, com o tempo de 1min33s024. Entre ele e Massa, seu companheiro de Williams, ficou Vettel, com 1min33s245. O brasileiro oscilou entre terceiro, quarto e quinto desde o Q1. No Q3, sessão final do treino, não passou do 1min33s337 e obteve o quinto lugar.

O Top 10 teve ainda Raikkonen, sexto lugar, seguido do australiano Daniel Ricciardo, do francês Romain Grosjean, do mexicano Sergio Pérez e de Daniil Kvyat. O russo não chegou a registrar tempo. Poderá largar dos boxes dependendo do estrago causado pelo acidente sofrido nos segundos finais do treino.

O brasileiro Felipe Nasr não teve bom rendimento neste sábado, após somar pontos em Cingapura. Ele não passou do 18º tempo e acabou sendo eliminado logo no Q1, assim como seu companheiro de Sauber, o sueco Marcus Ericsson. No entanto, Nasr vai largar em 17º por causa de punição aplicada ao holandês Max Verstappen.

O piloto da Toro Rosso marcou o 15º tempo, mas perdeu três posições no grid por ter parado seu carro em posição considerada perigosa na pista, após sofrer com problemas técnicos. Outro punido no grid será o alemão Nico Hülkenberg. Ele foi o 11º do treino, porém largará em 14º por causa da manobra irregular que causou o acidente com Massa em Cingapura.

A corrida em Suzuka terá largada às 2 horas da madrugada deste domingo (horário de Brasília).

Confira o grid de largada do GP do Japão:

1.º - Nico Rosberg (ALE/Mercedes)

2.º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes)

3.º - Valtteri Bottas (FIN/Williams)

4.º - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)

5.º - Felipe Massa (BRA/Williams)

6.º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari)

7.º - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull)

8.º - Romain Grosjean (FRA/Lotus)

9.º - Sergio Pérez (MEX/Force India)

10.º - Daniil Kvyat (RUS/Red Bull)

11.º - Carlos Sainz Jr (ESP/Toro Rosso)

12.º - Pastor Maldonado (VEN/Lotus)

13.º - Fernando Alonso (ESP/McLaren)

14.º - Nico Hülkenberg (ALE/Force India)

15.º - Jenson Button (ING/McLaren)

16.º - Marcus Ericsson (SUE/Sauber)

17.º - Felipe Nasr (BRA/Sauber)

18.º - Max Verstappen (HOL/Toro Rosso)

19.º - Will Stevens (ING/Marussia)

20.º - Alexander Rossi (EUA/Marussia)