• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Time de Zico leva troféu após empate com Rio Branco no Kleber Andrade

  • COMPARTILHE
Esportes

Time de Zico leva troféu após empate com Rio Branco no Kleber Andrade

Antes do apito inicial, as equipes do Rio Branco e do FC Goa concordaram que em caso de empate, o clube visitante ficaria com o troféu

Times se enfretaram no Kléber Andrade Foto: Breno Ribeiro

Cariacica - Em partida realizada no Estádio Estadual Kleber Andrade, em Cariacica, Rio Branco e FC Goa se enfrentaram em busca do Troféu Internacional Estado do Espírito Santo, neste domingo (18). A equipe capixaba chegou a abrir dois gols de vantagem e dominou o jogo no primeiro tempo, porém, o clube indiano buscou o empate na segunda etapa e viu os comandados de Zico levarem a taça.

Antes do apito inicial, as equipes concordaram que em caso de empate, o clube visitante ficaria com o troféu. Os destaques do jogo ficaram por conta dos atletas Chico, que se despede da equipe capixaba; Richarlyson, ex-jogador do São Paulo FC e camisa 10 do Goa; Lúcio, zagueiro pentacampeão mundial com a seleção brasileira; Reinaldo, ex-jogador do Flamengo; além do técnico do Goa e ídolo rubro-negro Zico.

Após a igualdade em 2 a 2 no placar, o técnico do FC Goa, Zico, avaliou o confronto: "A equipe do Rio Branco tem ótimos jogadores. São atletas já com experiência que, inclusive, já atuaram no meu time, o Centro de Futebol Zico (Cfz), lá no Rio de Janeiro. É um time já montado, certinho, bem preparado e é lógico, que se estivesse valendo 3 pontos, eu não tenho dúvidas que a vitória seria dos capixabas, pois nós não estamos preparados ainda", ressaltou.

O primeiro gol do duelo foi marcado pelo meio-campista do Rio Branco Anderson, que em falta frontal ao gol da equipe indiano acertou uma bela cobrança, lembrando os tempos em que Zico atuava nos gramados. "Ele bate muito bem. Deve ter visto muitos vídeos meus [risos]. A gente já conhecia ele e sabíamos da qualidade e técnica dele. Ele cobrou muito bem e mereceu o gol. Um dos bons jogadores do time do Rio Branco é o Anderson", analisa.

O treinador do Rio Branco, Flávio Annunziata afirma que apesar de utilizar vários reservas, o Rio Branco fez uma boa atuação. "Jogamos muito bem até os 15 minutos do primeiro tempo, que foi o período em que os jogadores que estão com ritmo de jogo atuaram. Quando entraram alguns atletas que estão sem ritmo o time deu uma caída. Já o Goa reforçou a equipe. Mas foi um ótimo resultado e uma grande festa, fico muito feliz", afirma.

Resumo do jogo
Na etapa inicial o Rio Branco dominou a partida e abriu dois gols de vantagem sobre o FC Goa. O primeiro gol foi marcado pelo meia Anderson, que acertou uma bela cobrança de falta no ângulo, aos 5 minutos de jogo. O Brancão ampliou a vantagem aos 47, com o atacante Tiquinho, que venceu a corrida com o zagueiro Lúcio, ficou cara a cara com o goleiro e mandou a bola no cantinho, que antes desviou no pé do arqueiro do Goa.

No segundo tempo, brilhou a estrela do técnico Zico, que mandou a campo o experiente atacante Reinaldo. Com 23 minutos em campo, o centroavante aproveitou bola lançada na área e estufou as redes do Rio Branco. O gol que garantiu o empate e, consequentemente, o troféu de campeão ao Goa, saiu aos 32 minutos, através do zagueiro Lúcio, que aproveitou a bola rebatida na área e marcou o último gol do confronto.

FICHA TÉCNICA

Troféu Internacional Estado do Espírito Santo - Jogo único

Placar: Rio Branco 2 x 2 FC Goa

Estádio: Kleber Andrade - Cariacica/ES

Gols: Rio Branco: 1T: (5') Anderson, (47') Tiquinho. FC Goa 2T: (23') Reinaldo, (32') Lúcio.

Público: 224 pagantes; 372 presentes.

Renda: R$5.704,00