• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cachoeiro terá mais de 300 armadilhas para combater mosquito Aedes aegypti

  • COMPARTILHE
Geral

Cachoeiro terá mais de 300 armadilhas para combater mosquito Aedes aegypti

O sistema é pioneiro no país e terá armadilhas no município para monitorar o mosquito, que será enviado para análise para identificar qual vírus está presente nele, para montar uma ação

Em Cachoeiro serão implantadas 339 armadilhas para monitorar o mosquito Aedes Aegypti e prevenir doenças Foto: ​Divulgação

O município de Cachoeiro terá 339 armadilhas para monitorar e prevenir, com mais agilidade e eficácia, a proliferação do transmissor da dengue, zika e chikungunya. Chamadas de Mosquitrap, as novas ferramentas serão implantadas, em locais de fácil acesso da área urbana e é pioneira no país.

Nos próximos dias 13, 14 e 15 de fevereiro, 12 servidores da Secretaria de Saúde do município, que vão compor a equipe local, receberão treinamento para utilizar o Sistema de Monitoramento Inteligente da Dengue (MI Aedes), em Cachoeiro.

O intuito é que eles, nas vistorias, verifiquem as armadilhas e, uma vez identificada a presença do mosquito, registrem o dado no mapa de infestação no mesmo instante, através de smartphone, e então o enviem, em tempo real, para a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Esse tipo de procedimento, até o momento, leva de dois a quatro meses para ser concluído.

“Além disso, o mosquito será recolhido e enviado à análise, para que seja investigado qual vírus está presente nele, o que direcionará, de maneira mais detalhada e estratégica, as ações de combate ao Aedes no município com mais rapidez”, explica o secretário de Saúde de Cachoeiro, Luiz Carlos Bindaco.

O objetivo do governo estadual é instalar, nos 78 municípios capixabas, um total de 7.323 armadilhas para mosquitos adultos. Dezesseis cidades, incluindo Cachoeiro e as da Grande Vitória, vão ter o monitoramento padrão em 100% de sua área urbana. Nos demais 62 municípios será realizado o monitoramento sentinela com a implantação de 10 armadilhas.