• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Nomeado de Trump à secretaria de trabalho confirma que empregou imigrante ilegal

Geral

Nomeado de Trump à secretaria de trabalho confirma que empregou imigrante ilegal

Washington - A escolha do presidente americano, Donald Trump, para o cargo de secretário do trabalho, o executivo de fast-food Andy Puzder, disse ontem que ele empregou uma imigrante que estava ilegal, um acontecimento que poderia complicar ainda mais a sua confirmação, que já é lenta.

Puzder planeja continuar a buscar confirmação para seu cargo de gabinete. O Departamento do Trabalho supervisiona como as leis trabalhistas dos EUA, incluindo as regras de salários e horas, se aplicam aos trabalhadores imigrantes.

"Estou plenamente empenhado em me tornar Secretário do Trabalho e estou ansioso para ouvir", disse ele em um comunicado.

Puzder disse que empregou uma governanta "por alguns anos, durante o qual eu não sabia que ela não estava legalmente autorizada a trabalhar nos EUA".

"Quando eu soube de seu status, nós imediatamente demitimos ela e oferecemos ajuda para obter status legal", disse Puzder. "Nós pagamos todos os impostos ao Estado da Califórnia e enviamos toda a documentação necessária". A informação foi relatada anteriormente pelo Huffington Post.

Divulgações semelhantes têm atrapalhado candidatos em administrações anteriores, incluindo Zoe Baird e Kimba Wood, ambos nomeados pelo presidente Bill Clinton para se tornar procurador-geral.

O emprego da governanta terminou há cerca de cinco anos, disse um porta-voz de Puzder. O porta-voz se recusou a comentar se Puzder informou a equipe de transição do presidente sobre sua governanta antes de aceitar a nomeação. Um porta-voz da Casa Branca não respondeu imediatamente a um pedido de comentário. Fonte: Dow Jones Newswires