• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

PRF bate recorde de autuações e flagra veículo a quase 220 km/h durante Carnaval no ES

  • COMPARTILHE
Geral

PRF bate recorde de autuações e flagra veículo a quase 220 km/h durante Carnaval no ES

Quase todos os radares fixos da BR 101 continuam desligados. O funcionamento foi interrompido no ano passado e a operação dos equipamentos foi transferida do Dnit para a Eco 101

Veículo flagrado por radar móvel da PRF

A Polícia Rodoviária Federal do Espírito Santo (PRF/ES) bateu recorde de autuações durante o feriadão de Carnaval no Estado. Foram mais 3,5 mil motoristas infratores multados por excesso de velocidade nas rodovias federais capixabas. 

O número representa um aumento de 130% em relação ao ano anterior. Os condutores foram flagrados por 13 radares móveis, nos pontos mais perigosos das BR's 101 e 262.

Um federal parado no acostamento acompanhou os veículos que passavam quase voando pela rodovia. Por ele foram flagrados carros e motocicletas que excederam muito o limite de velocidade da via. A comprovação está na tela dos radares portáteis utilizado pelo policial. Veículos ultrapassam 170, 180 e mais de 200 km/h.

No último domingo (18), a PRF flagrou um carro a 170 km/h na BR 101, em São Mateus, norte do Espírito Santo. O limite da via 80 km/h e 60 km/h em alguns trechos. Ultrapassar o dobro da velocidade da via é infração considerada gravíssima, com perda imediata do direito de dirigir, apreensão da carteira de motorista e R$ 880,00 de multa.

Os condutores foram flagrados por 13 radares móveis, nos pontos mais perigosos das BR's 101 e 262

Radares desligados

Quase todos os radares fixos da BR 101 continuam desligados. O funcionamento foi interrompido no ano passado e a operação dos equipamentos foi transferida do Dnit para a Eco 101. Até fevereiro de 2018, a concessionária deveria reativar 46 aparelhos de fiscalização e instalar outros 20 no trecho capixaba da BR 101. O mês está chegando ao fim e apenas 12 radares estão efetivamente funcionando num trecho de 475 km.

Em nota enviada à TV Vitória em dezembro de 2017, a Eco 101 escreveu que uma empresa já havia sido contratada para implantar os equipamentos e que a instalação já havia começado. Dois meses depois, em outra nota à imprensa, neste dia 20 de fevereiro, a concessionária disse que 8 radares ainda estão sendo instalados.

Já em relação aos outros 46 aparelhos que eram operados pelo Dnit, a Eco 101 escreveu que a Agência Nacional de transportes terrestres, a ANTT, desobrigou a concessionária de operá-los.

Muitos motoristas sabem que a maioria dos radares está desligado. Na opinião do inspetor da Polícia Federal, Macedo Miranda, a ausência de fiscalização eletrônica fixa estimula os condutores a não respeitarem a sinalização.