• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

ONU pressiona Turquia a investigar até 2 mil mortes na região curda

Geral

ONU pressiona Turquia a investigar até 2 mil mortes na região curda

Genebra - O escritório de Direitos Humanos das Nações Unidas urgiu nesta sexta-feira o governo da Turquia a investigar as denúncias mortes e outros abusos ocorridos no sudeste do país, em um novo relatório que cita violações como a derrubada de até 1,8 mil prédios durante uma operação militar de 18 meses.

Baseado na "monitoração remota", o relatório foca na violência ocorrida entre julho de 2015 e dezembro de 2016, e afirma que cerca de 2 mil pessoas, incluindo 1,2 mil residentes locais, foram mortos durante a operação, que teria desalojado cerca de 355 mil pessoas.

O governo turco negou o acesso dos investigadores da ONU, apesar de anos de pedidos. Segundo o porta-voz do escritório de Direitos Humanos, Rupert Colville, o governo em Ancara "ainda não deu nenhum motivo" para negar o acesso.

A ação do governo se deu em meio a por turbulências no país, que tem vivido com ataques extremistas e uma tentativa fracassada de golpe militar nos últimos meses.

O relatório pede que as investigações encontrem os "perpetradores dos assassinatos" e que estes "sejam levados à Justiça", e também pelo fim dos "toques de recolher não anunciados e sem fim pré estabelecidos", bem como "a reparação efetiva das vítimas e seus familiares". Fonte: Associated Press.