• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cerca de 150 alunos são dispensados das aulas após vazamento de gás em escola de Vila Velha

Geral

Cerca de 150 alunos são dispensados das aulas após vazamento de gás em escola de Vila Velha

A Prefeitura de Vila Velha informou que 150 alunos, do 1º ao 5º ano, são atendidos na Unidade no horário integral

Foto: Nathália Munhão

Cerca de 150 alunos da escola Dr. Tancredo de Almeida Neves,  em Cobi de Cima, no município de Vila Velha, foram liberados da aula nesta sexta-feira (15) depois de um vazamento de gás começar no local. 

De acordo com a Prefeitura do município, a escola está sendo reformada e, nesta manhã, antes do horário de aula, os funcionários da empresa terceirizada estavam trabalhando na melhoria no local quando a tubulação de gás foi perfurada.

A prefeitura também informou que por conta dessa situação, a direção da escola decidiu não abrir os portões e liberar os alunos das aulas. Às 7 horas, quando eles chegavam, foram avisados de que não haveria aula.

Como a escola funciona em tempo integral, também não haverá aula nesta sexta-feira (15), pois as merendeiras teriam que preparar a alimentação adequada para os alunos. 

Por meio de nota, a prefeitura informou que a empresa responsável pelo reparo já foi acionada. Veja na íntegra:

"Antes da entrada dos alunos e do horário do expediente escolar, a empresa terceirizada Velozzo compareceu à Unidade Municipal de Ensino Fundamental (Umef) Tancredo Neves, para dar continuidade aos serviços de manutenção e reforma da escola. A empresa estava quebrando o piso para instalar uma pedra de granito antiderrapante na entrada na nova sala de informativa, ocasião em que foi perfurada a tubulação de gás. A pessoa responsável, no momento, pela escola, tomou as primeiras medidas de segurança desligando o sistema de gás e de energia do prédio. Como ainda os alunos não haviam entrado, os portões permaneceram fechados e os alunos foram informados de que não haveria aula no dia de hoje para que a empresa de manutenção do sistema de gás pudesse realizar os devidos reparos. A empresa responsável pelos reparos foi acionada e comparecerá ao local para as devidas providências. Como a escola funciona em tempo integral, não haverá aula nesta sexta-feira, pois as merendeiras necessitariam de preparar a alimentação adequada para os alunos. 150 alunos, do 1º ao 5º ano, são atendidos na Unidade no horário integral."