• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bando faz 80 reféns e assalta Magazine Luiza

Geral

Bando faz 80 reféns e assalta Magazine Luiza

São Paulo - Vinte homens fortemente armados invadiram na madrugada de ontem o centro de distribuição do Magazine Luiza, na Rodovia dos Bandeirantes, em Louveira (SP), fizeram 80 funcionários reféns e carregaram oito caminhões e duas carretas com produtos. O valor das mercadorias levadas não foi divulgado e, até a noite, ninguém havia sido preso.

De acordo com a Polícia Militar da cidade, o assalto aconteceu por volta da 0 hora e durou cerca de três horas. A quadrilha aproveitou a troca de turno dos funcionários e, para ter acesso à empresa, rendeu cinco vigias.

Segundo o boletim de ocorrência, os assaltantes, encapuzados, entraram na central de monitoramento, retiraram os computadores que haviam gravado as imagens iniciais da ação e desligaram todos os equipamentos de segurança.

Parte dos 80 funcionários foi levada para o pátio da empresa. Após revistar os empregados e pegar seus celulares, o bando os deixou sob a mira de armas. Os outros funcionários foram levados para uma sala-cofre, onde tiveram de carregar com produtos os dez veículos que estavam em poder da quadrilha.

De acordo com o depoimento de uma das vítimas à polícia, os assaltantes ameaçavam constantemente os funcionários e seus familiares, dizendo que sabiam onde eles moravam.

Após o carregamento dos veículos, os criminosos trancaram os funcionários no pátio e fugiram. Segundo o delegado Luís Carlos Duarte, titular da Delegacia de Investigações Gerais de Jundiaí, responsável pelo caso, o bando provavelmente fugiu pela Rodovia dos Bandeirantes.

Duarte disse que há a suspeita de que funcionários, antigos ou atuais, auxiliaram os criminosos, pois eles tinham conhecimento da rotina e das dependências da empresa. "A quadrilha sabia onde ficava tudo."

Ação semelhante. O delegado também afirmou trabalhar com a hipótese de que o crime tenha sido organizado pela mesma quadrilha que assaltou a fábrica da Samsung, na Rodovia D. Pedro I, em Campinas, em julho de 2014. "Uma parte dos envolvidos nesse roubo continua solta, e os dois crimes foram muito semelhantes por conta da ação minuciosa. É possível que as mesmas pessoas estejam envolvidas."

Ainda de acordo com Duarte, a empresa não informou o total de produtos levados e o valor do prejuízo. Levantamento preliminar aponta que a maior parte da mercadoria roubada era de celulares, notebooks e tablets. Em nota, a assessoria de imprensa do Magazine Luiza afirmou que nenhum funcionário foi ferido durante o assalto ao centro e que está colaborando com as investigações. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.