• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

GVBus entra na Justiça contra paralisação de rodoviários e pede circulação de 100% da frota na sexta-feira

Geral

GVBus entra na Justiça contra paralisação de rodoviários e pede circulação de 100% da frota na sexta-feira

A principal pauta da manifestação é se mostrar contra a reforma da Previdência, proposta pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL)

Foto: Divulgação

O Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano da Grande Vitória (GVBus) entrou na Justiça pedindo a circulação de 100% da frota de ônibus, bem como multa e corte no ponto dos trabalhadores que cruzarem os braços na sexta-feira (14), data da paralisação geral convocada por centrais sindicais de todo o país. 

O pedido do GVBus foi feito após o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Espírito Santo (Sindirodoviários-ES) informar que vai aderir à paralisação geral e que está orientando os trabalhadores a cruzar os braços.

De acordo com o presidente do sindicato, José Carlos Cardoso, a Justiça já foi notificada sobre a paralisação. Em conversa ao jornal online Folha Vitória nesta quarta-feira (12), ele disse que está percorrendo terminais e garagens para convocar os trabalhadores. Informativos sobre a paralisação também estão sendo disparados nas redes sociais.

Segundo José Carlos, "o sindicato entende que a greve acaba atrapalhando os usuários, mas a paralisação é necessária".

Paralisação Nacional
A paralisação marcada para a sexta-feira (14) foi convocada por centrais sindicais de todo o país. A principal pauta da manifestação é se mostrar contra a reforma da Previdência, proposta pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL).