• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após passeata, rodoviários em greve chegam ao Palácio Anchieta para reunião com Governo

  • COMPARTILHE
Geral

Após passeata, rodoviários em greve chegam ao Palácio Anchieta para reunião com Governo

Os rodoviários, que iniciaram uma paralisação de ônibus na madrugada desta terça-feira (30), saíram em passeata das proximidades do antigo Terminal Dom Bosco, em Vitória

Passeata tomou as ruas do Centro de Vitória Foto: Reprodução

Os motoristas e cobradores de ônibus da Grande Vitória chegaram ao Palácio Anchieta por volta das 10h desta terça-feira (30), para uma reunião com o governador Renato Casagrande e com uma comissão da Secretaria de Segurança Pública.

Os rodoviários, que iniciaram uma paralisação de ônibus na madrugada desta terça-feira (30), saíram em passeata das proximidades do antigo Terminal Dom Bosco, em Vitória, e interditaram temporariamente avenidas da Capital.

Reunião para discutir segurança

O governador Renato Casagrande e representantes da Secretaria de Segurança Pública se reúnem na manhã desta terça-feira (30) com os rodoviários e tentam discutir medidas que podem pôr fim à paralisação de ônibus na Grande Vitória. Um grupo de rodoviários se concentrou desde o início da manhã na Praça do Papa, de onde seguiu até o Palácio Anchieta.

Desde o início da manhã, 100% da frota que atende o transporte coletivo na região metropolitana de Vitória não saíram das garagens. Os passageiros foram pegos de surpresa e muitos pontos de ônibus ficaram lotados.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública garantiu que a segurança para motoristas, cobradores e passageiros dos ônibus na Grande Vitória já foi reforçada. De acordo com o subsecretário de segurança pública, Guilherme Pacífico, o diálogo com o Sindirodoviários já está acontecendo. "Eu falei com o presidente em exercício do Sindicato dos Rodoviários e coloquei a segurança pública à disposição para o diálogo, para que juntos possamos reforçar a segurança e atender as demandas da categoria. Desde às seis horas da manhã, o comandante geral da PM, Coronel Edimilson está conosco, estamos fazendo o contato com a categoria. Buscamos um diálogo para que a gente possa dar uma melhor solução ao problema, proteção aos usuários e profissionais que trabalham no transporte coletivo. É importante destacar que, recentemente, com aqueles ataques de organizações criminosas que colocaram fogo em ônibus, teve uma ação enérgica e imediata da segurança pública. Criminosos ligados a essas organizações foram presos", disse.

Ainda de acordo com o subsecretário, a população deve tomar cuidado com assaltos na manhã desta terça-feira (30), já que os pontos estão lotados por conta da paralisação dos ônibus. "A população fora dos terminais, nos pontos, que está se deslocando a pé, acaba facilitando a ação de criminosos. Pedimos que liguem para o Disque-Denúncia 181, que façam o registro de ocorrência, que entre em contato com a polícia. A polícia está toda madrugada na rua, diariamente nas áreas da região metropolitana. A nossa maior prioridade é a redução da violência", disse.