• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cachoeiro de Itapemirim elege dez novos conselheiros tutelares

Geral

Cachoeiro de Itapemirim elege dez novos conselheiros tutelares

O resultado foi oficialmente divulgado na manhã desta terça-feira (6). O professor de História e coordenador da rede municipal de ensino, Leandro Vieira, foi mais votado, com 614 votos

Leandro Vieira (camisa vermelha) registra selfie em comemoração à sua vitória. Foto: Reprodução Facebook

Cachoeiro de Itapemirim elegeu no último domingo (04), dez conselheiros para um mandato de quatro anos, contados a partir de janeiro de 2016. Eles devem auxiliar a garantir os direitos do público infanto-juvenil, que recebe atenção do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comsenca) e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes).

A eleição foi disputada entre 31 candidatos e aconteceu durante todo o dia na Escola Liceu Muniz Freire. O resultado foi oficialmente divulgado na manhã desta terça-feira (6) apresentando o professor de História e coordenador da rede municipal de ensino, Leandro Vieira, como o mais votado, com 614 votos.

Leandro Vieira afirma que o desejo em se tornar conselheiro surgiu por conhecer a realidade da educação e a necessidade de pessoas da própria educação dentro do Conselho. “O que pretendo é dar uma ênfase maior à importância da escola no processo sócio educativo e o suporte ao trabalho do professor em sala de aula”, garante o conselheiro eleito.

Os dez novos conselheiros, na ordem de maior votação, são: Leandro Vieira, Reginaldo Pereira, Elizabeth de Oliveira, Ariana Viana, Jessé Martins, Macario Rizzo, Izabel Cristina Corrêa Rodrigues, Romário Manzoli, Cláudia Beatriz e Regina Márcia Montenegro.

Os suplentes também são em número de dez, sendo: Eliana Carvalho Longo, Rafaela Ávila, Silvio Leal, Anderson Dorado, Paula Ramos de Almeida, Nivan Barina, Rosely Vieira Lima, Eunice Amorim, Diego Araújo e Lúcia Pinheiro.