• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Nova faixa exclusiva de ônibus trava trânsito no centro de SP

Geral

Nova faixa exclusiva de ônibus trava trânsito no centro de SP

São Paulo - No primeiro dia útil de funcionamento dos cerca de dois quilômetros de faixa exclusiva para ônibus no Viaduto Doutor Plínio de Queiroz sobre a Avenida 9 de Julho e a Praça XIV Bis, na Bela Vista, na região central de São Paulo, os motoristas que foram proibidos de acessar o viário enfrentaram congestionamento.

Com a mudança feita pela Prefeitura sobre o Viaduto Doutor Plínio de Queiroz, apenas o tráfego de coletivos e de táxis com passageiros está permitido nos dois sentidos da estrutura. A medida afeta 29 mil veículos de passeio que deixam de utilizar as pistas.

A alteração evita que ônibus e carros dividam o mesmo espaço. Na entrada e na saída da estrutura, veículos pequenos precisam atravessar as faixas. O mesmo acontecia com os coletivos, causando um efeito conhecido como "X".

O congestionamento na manhã de terça-feira, 3, no entanto, também foi agravado pela volta do feriado do Dia de Finados, a chuva e um protesto de caçambeiros que ocuparam ruas no entorno da Prefeitura, localizada nas proximidades da nova área para o transporte coletivo. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), por volta das 9h30 a cidade tinha 131 quilômetros de lentidão, acima da média máxima registrada no horário de 121 km.

Os motoristas que circularam pela região ontem reclamaram da situação. O comerciante Carlos Sampaio dos Santos, de 57 anos, disse que o tempo dos semáforos tinha de ser alterado também para "dar mais fluidez" aos carros. "Pegaram o motorista de surpresa, na volta do feriado. Esse tipo de mudança tem de ter planejamento."

Crítica

Para o especialista em Transportes Sérgio Ejzenberg, a medida é "desnecessária" e prejudica o trânsito no centro. "Os agravantes no trânsito (chuva, volta de feriado e protestos) sempre existem. Esse tipo de mudança consegue piorar a situação. Tomaram a atitude errada", afirmou.

A CET disse ter priorizado a "orientação aos motoristas em razão da nova configuração do trânsito". A companhia informou que "houve uma pequena lentidão nas proximidades da Praça 14 Bis, que foi dissipada com ajustes nos tempos do controlador semafórico do local". As autuações para infrações no local só passarão a ser aplicadas a partir da próxima segunda-feira, dia 9. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.