• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Advogado da família de Milena Gottardi diz que provas contra acusados são fortes

  • COMPARTILHE
Polícia

Advogado da família de Milena Gottardi diz que provas contra acusados são fortes

Os parentes da médica assassinada vão acompanhar audiência pelo lado de fora

Viaturas chegam ao Fórum Criminal de Vitória. Foto: Fernanda Batista/TV Vitória. 

O advogado da família da médica Milena Gottardi, Renan Sales, chegou por volta das 8h30 desta terça-feira (16) ao Fórum Criminal de Vitória, no Centro da Capital, para a primeira audiência do julgamento do caso. Segundo ele, as provas contra os acusados são robustas e ele espera que tudo aconteça de forma tranquila.

O delegado Janderson Lube, que é o titular da Delegacia de Crimes Contra a Mulher, e que liderou a investigação do caso, é a primeira testemunha a depor, seguido pelas testemunhas Igor de Oliveira e Ana Paula Protzner. O delegado não aceitou falar com a imprensa na chegada ao Fórum.

A audiência estava marcada para às 9 horas. Quase no momento de iniciar, chegaram três viaturas da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) com os acusados. 

O advogado Homero Mafra, responsável pela defesa do ex-marido da vítima, Hilário Frasson, afirmou na chegada ao Fórum que o caso está sendo tratado de maneira diferente. Até o horário das testemunhas serem ouvidas não é habitual, segundo o advogado. "A pauta está sendo atropelada. Isso demonstra uma clara intenção de dar a este processo um andamento que os demais não têm. E isso é um absurdo", disse o advogado. 

Familiares da médica também estavam no local, mas terão que acompanhar tudo pelo lado de fora, pois a audiência é fechada para o público.

Audiências

As audiências começam pós quatro meses de investigações, prisões e polêmicas. Nesta primeira etapa, mais de 50 testemunhas de acusação e defesa serão ouvidas. Segundo decisão do juiz Marcos Pereira Sanches, nos dias 16 e 17 prestarão depoimento as testemunhas de acusação arroladas pelo Ministério Público Estadual (MPES).

No dia 30 serão realizadas audiências, onde serão ouvidas as testemunhas arroladas pelas defesas do policial civil Hilário Frasson e de Esperidião Frasson, acusados de serem os mandantes do assassinato de Milena. Já no dia 31 serão ouvidas as testemunhas apontadas pelas defesas de Valcir da Silva Dias e de Hermenegildo Palauro Filho, o Judinho, apontados como intermediários do crime.

Ao todo, foram convocadas 51 testemunhas no processo de julgamento do caso. Treze delas pela defesa de Hilário. No primeiro dia do julgamento, das 19 pessoas convocadas pela acusação, nove começam a ser ouvidas pelo juiz responsável.

Veja a lista completa desta primeira fase de audiências:

Dia 16, às 9 horas:
- Janderson Birschner (Delegado)
- Igor de Oliveira (PC)
- Ana Paula Protzner

Dia 16, às 13 horas:
- Maria Isabel
- Edineia Alvarenga
- Shintia Gottardi
- Marcelle Gomes
- Douglas Gottardi

*Testemunha Zilca Maria Gottardi fica facultado sua inquirição nessa unidade judiciária

Dia 17, às 9 horas
- Rachel Lacourt
- Bianca Pavan
- Aline Coelho

Dia 17, às 13 horas

- Fernanda Coutinho
- Livia Maria Araújo
- Marcelo Thompson
- Ulisses Nascimento de Oliveira
- Gustavo Garcia Wierman

Dia 30, às 9 horas
- Duas testemunhas de Esperidião
- 2ª e 3ª testemunha de Hilário

Dia 30, às 13 horas
- 5ª, 7ª, 8ª e 13ª testemunha de Hilário

Dia 31, às 13 horas
- 1ª à 3ª e 8ª testemunha de Valdir
- 1ª testemunha de Hermenegildo