• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mulher de 55 anos é baleada e acusa a PM de confundi-la com traficante na Serra

Polícia

Mulher de 55 anos é baleada e acusa a PM de confundi-la com traficante na Serra

Testemunhas disseram a vítima foi confundida com um traficante e que os policiais ficaram assustados quando viram que a mulher foi atingida

Foto: Reprodução

Uma mulher de 55 anos foi baleada na região do abdômen na madrugada desta segunda-feira (11), após sair de um bar no bairro Planalto Serrano, na Serra. A vítima e algumas testemunhas relatam que o tiro foi disparado por um policial militar que fazia patrulhamento no local.

Vizinhos e familiares da vítima disseram que perceberam a movimentação da Força Tática da Polícia Militar e em seguida, ouviram os disparos. Testemunhas relataram ainda que os policiais militares acionaram uma ambulância do Samu, mas se recusaram a colocar a vítima na viatura e a levarem ao hospital.

Testemunhas disseram que ela foi confundida com um traficante e que os policiais ficaram assustados quando viram que a mulher foi atingida.

Segundo os familiares, a mulher estava perdendo muito sangue e dizia que iria morrer, por isso, decidiram levá-la ao hospital no carro de um vizinho. No hospital foi constatado que a mulher foi atingida no abdômen e a bala ficou alojada.

Ela está internada no hospital Jayme Santos Neves e deve passar por cirurgia, ainda nesta segunda-feira (11) para a retirada da bala. 

De acordo com o boletim, durante patrulhamento pelo bairro Planalto Serrano, na Serra, uma equipe da Força Tática se deparou com vários indivíduos que empreenderam fuga, enquanto realizavam diversos disparos de arma de fogo contra a guarnição que revidou a agressão. Apesar da versão da PM, testemunhas disseram que não ouviram barulho de troca de tiros, apenas o som de um único disparo.

Até o fechamento da ocorrência não foram localizados possíveis feridos em decorrência dos fatos. Mais tarde, a Polícia Militar foi novamente acionada para verificar o fato de que uma mulher havia dado entrada no Hospital Jayme dos Santos Neves, ferida por uma disparo, quando estava no bairro Planalto Serrano.