• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dono de boate em Cariacica é suspeito de mandar matar clientes, diz polícia

  • COMPARTILHE
Polícia

Dono de boate em Cariacica é suspeito de mandar matar clientes, diz polícia

No dia 3 de maio, Breno de Jesus Siqueira, de 16 anos, foi morto a tiros e Diego Alves, de 19, baleado. Um segurança do estabelecimento foi preso nesta quinta, acusado de executar os crimes

André é suspeito de mandar executar clientes da boate da qual é dono, em Cariacica Foto: Reprodução Facebook

O proprietário de uma boate em Cariacica está sendo investigado pela Polícia Civil. André Brandão Borchardt é suspeito de mandar matar clientes do próprio estabelecimento.

No dia 3 de maio deste ano, Breno de Jesus Siqueira, de 16 anos, foi morto a tiros e Diego Alves, de 19, baleado. Os crimes aconteceram em frente a um posto de combustível, no bairro Jardim América.

O acusado de cometer tais crimes é o segurança da boate, Wallas Damascena Valadares, preso na noite desta quinta-feira (25), por policiais da Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) de Cariacica. Ele foi detido no momento em que trabalhava na casa de shows, e encaminhado ao Centro de Triagem de Viana (CTV).

De acordo com o delegado João Paulo Pinto, responsável pela investigação do caso, a motivação do crime foi um desentendimento.

“As vítimas estavam dentro da boate quando iniciaram uma briga e foram expulsas pelo segurança. Como protesto, eles dispararam alguns tiros em frente à boate e fugiram em uma moto. No entanto, o segurança perseguiu os dois amigos disparando contra eles”, explicou.

Ainda segundo o delegado, o dono da boate teria dado a ordem para as execuções. Ele continua foragido.