• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Assad diz que é informado, por terceiros, de ataques contra Estado Islâmico

  • COMPARTILHE
Política

Assad diz que é informado, por terceiros, de ataques contra Estado Islâmico

Beirute, Líbano - O presidente da Síria, Bashar Assad, disse em entrevista à rede britânica BBC, que tem recebido mensagens das Forças Armadas dos Estados Unidos sobre os ataques aéreos contra o grupo Estado Islâmico em território sírio, mas afirmou que não há cooperação direta entre as forças militares dos dois países

Na entrevista, divulgada nesta terça-feira, Assad diz que as mensagens são transmitidas por meio de terceiros, como o Iraque. "Às vezes, eles transmitem mensagens, mensagens gerais, mas não há nada tático", afirmou ele.

A coalizão liderada pelos Estados Unidos, que inclui países árabes, realiza ataques aéreos na Síria como parte da campanha internacional contra extremistas do Estado Islâmico. A coalizão compartilha os céus da Síria com as forças de Assad, que também atacam os militantes.

Autoridades sírias afirmam que não têm sido consultadas sobre os ataques da coalizão, iniciados em setembro, mas apenas informadas das ações por meio de terceiros no início dos ataques.

Na entrevista, Assad também negou que suas forças usem as chamadas bombas de barril. O uso do artefato explosivo rudimentar, geralmente lançado por helicópteros, tem sido amplamente documentado por organizações internacionais de direitos humanos e por moradores de áreas controladas pela oposição em território sírio. As bombas de barril, que não têm alvos precisos, mataram milhares de civis, segundo ativistas.

"Eu sei do Exército, eles usam balas, mísseis e bombas. Não ouvi dizer que o Exército usa barris, ou talvez, panelas", disse Assad, aparentemente caçoando das acusações. Questionado de novo sobre o uso do artefato, ele respondeu: "elas são chamadas de bombas...não existem bombas e barril, não temos barris". Fonte: Associated Press.