Bolsonaro não vai mais atravessar Terceira Ponte de moto

Política

Bolsonaro não vai mais atravessar Terceira Ponte de moto

Ex-senador Magno Malta (PL) informou alteração na agenda em função de "questões técnicas"

Luana Damasceno de Almeida

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução/Estadão

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não vai mais atravessar a Terceira Ponte de moto durante visita ao Espírito Santo, no dia 11 de junho. O ex-senador Magno Malta (PL) informou a mudança nas redes sociais, atribuindo a alteração na agenda a "questões técnicas". 

"O Presidente vai chegar às 14 horas no Espírito Santo. Agora, mudou um pouco por questões técnicas. Não teremos mais a 'passeata de moto' começando pelo 38º BI. Até por conta do governador ter decretado o sinal vermelho. Então o presidente não irá à Praça do Papa, ele desce no aeroporto e vai haver um cercadinho. Ele vai cumprimentar os que lá estarão". 

Depois de cumprimentar os apoiadores, Bolsonaro seguirá de helicóptero para São Mateus, no Norte do Estado, onde vai participar da solenidade de entrega de 434 casas populares. Em seguida, retorna à Região Metropolitana, sobrevoa as obras do Contorno do Mestre Álvaro, na Serra, e volta para o aeroporto, encerrando a agenda no Estado.

No início da semana, a deputada federal Soraya Manato (PSL) informou que, após sobrevoar as obras no Contorno, Bolsonaro iria até o 38° Batalhão de Infantaria do Exército, em Vila Velha, onde se encontraria com motoqueiros para atravessar a Terceira Ponte de moto. Por fim, Bolsonaro iria receber apoiadores na Praça do Papa, em Vitória.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria Especial de Comunicação da Presidência da República, que informou que a agenda oficial da visita ao Estado deve ser divulgada apenas na véspera da viagem.