• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Lula: não fugiremos do tema corrupção no debate

  • COMPARTILHE
Política

Lula: não fugiremos do tema corrupção no debate

São Paulo - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou há pouco que não fugirá do tema corrupção durante do debate eleitoral. "Se juntar todos eles (oposição) e colocar um dentro do outro não dá uma pessoa tão honesta que nem eu", disse durante abertura da 14ª plenária da CUT, em Guarulhos (SP).

Lula afirmou que teve como legado de sua mãe o fato de saber andar de cabeça erguida e disse que os sindicalistas serão "provocados na rua" e devem estar preparados para enfrentar o debate. "Não aceitem provocação; se quiserem discutir corrupção, nós vamos", afirmou, ressaltando que está "preparando um material para enfrentar o debate".

Lula chorou ao contar a história de quando foi abordado por uma catadora de material reciclado no último dia de seu governo e ela perguntou se ele sabia por que era tão importante para os trabalhadores brasileiros. "Porque nós conquistamos o direito de andar de cabeça erguida", disse ela, segundo o ex-presidente.

O ex-presidente afirmou que não citaria nomes, mas disse que não imagina "determinadas pessoas" que são candidatos à Presidência se reunindo, por exemplo, com catadores de papel. "Eles não foram feitos pra isso, foram feitos para governar do andar de cima", disse. "Nós somos parte do andar debaixo e só queremos subir mais um degrau", afirmou.

Segundo Lula, o que está em jogo no próximo pleito é justamente a decisão se "queremos subir mais um degrau ou retroceder". "Não queremos tirar nada deles, queremos ter o mesmo tratamento. Queremos chegar lá às custas do nosso trabalho e do nosso suor."

Lula criticou o fato de muitas pessoas ofenderem a Dilma, disse que ela é uma "mulher sofisticada" e que os que a criticam "não admitem o compromisso ideológico dela". Ele voltou a repetir que o governo dele "tirou o tapete da sala" e foi o que mais investiu em mecanismos para apurar a corrupção. "Duvido que os últimos dois presidentes fizeram 50% do que a gente fez (no combate a corrupção)."

Sem citar nominalmente os petistas condenados no processo do mensalão, Lula afirmou que se alguém cometeu erros deve pagar por eles, mas insistiu que o debate tem que ser enfrentado de cabeça erguida. "Vamos ter que levantar a cabeça sem arrogância e estufar o peito. Quem quiser ganhar de nós vai ter que trabalhar muito mais do que nós porque nós vamos ganhar essas eleições", afirmou.

A 14ª Plenária da CUT será realizada até o dia 1º de agosto. No dia 31, está prevista a presença da presidente Dilma Rousseff no evento.