• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após mortes em terminal da Petrobras, funcionários protestam e pedem segurança

  • COMPARTILHE
Geral

Após mortes em terminal da Petrobras, funcionários protestam e pedem segurança

A manifestação começou por volta das 7h, na sede da TABR. De acordo com um profissional que não quis se identificar, os trabalhadores decidiram suspender parte das atividades no local

Segundo o sindicato, o concreto cedeu e o andaime foi parar dentro da água Foto: Divulgação

Após a morte de dois operários, que faziam a manutenção do Terminal Aquaviário de Barro do Riacho (TABR) na tarde da última terça-feira, petroleiros fizeram uma manifestação, na manhã desta quarta-feira (8), para pedir por mais segurança no trabalho.

A manifestação começou por volta das 7h, na sede da TABR. De acordo com um profissional que não quis se identificar, os trabalhadores decidiram suspender parte das atividades no local. 

“O acidente foi uma tragédia anunciada. O local não possui estrutura de resgate. Exigimos o mínimo de segurança. Enquanto não tivermos uma ambulância na TABR, não vamos trabalhar com o efetivo completo”, afirmou. 

De acordo com o Sindicato dos Petroleiros do Espírito Santo (Sindipetro-ES), os profissionais faziam a montagem de um andaime na ponta leste do píer, sobre o mar, para fazer a manutenção na instalação oceanográfica do terminal.

Segundo o sindicato, o concreto cedeu e o andaime foi parar dentro da água, levando junto os trabalhadores, que estavam presos à estrutura pelo cinto de segurança.

A Petrobras foi procurada pelo Folha Vitória e afirmou que não vai se pronunciar sobre o assunto. A empresa disse, no entanto, que lamenta a morte dos funcionários da empresa terceirizada.