• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Quatrocentos homens da Marinha reforçam buscas por desaparecidos em navio-plataforma

Geral

Quatrocentos homens da Marinha reforçam buscas por desaparecidos em navio-plataforma

O grupo realiza as buscas pelas quatro pessoas que continuam desaparecidas. Além disso, a Marinha tem o propósito de controlar a área marítima e evitar eventuais riscos à navegação

A Marinha está empregando na missão três navios Foto: Divulgação

A Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos do Espírito Santo (CPES), enviou cerca de 400 homens para reforçar as buscas por desaparecidos no navio-plataforma FPSO Cidade de São Mateus, que explodiu na última quarta-feira (11), em Aracruz, litoral Norte do Estado.

O grupo realiza as buscas pelas quatro pessoas que continuam desaparecidas. Além disso, a Marinha tem o propósito de controlar a área marítima e evitar eventuais riscos à navegação.

A Marinha está empregando na missão três navios ( uma Corveta e dois Navios-Patrulha), três aeronaves ( duas no aeroporto de Vitória e uma a bordo da Corveta).

Na noite da última quarta-feira, dez bombeiros e três pessoas que estavam a bordo tiveram que deixar a plataforma por volta das 2h30 da madrugada. Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, a explosão da plataforma aconteceu devido ao alagamento na sala de máquinas, que é próximo à sala de bombas.

A plataforma ficou sem tripulação. Às 3h30, 80% do casco havia sido escaneado sem identificar danos (a água na sala de máquinas provavelmente foi proveniente da rede de incêndios).

Após sobrevoo nesta manhã, um especialista em integridade estrutural  da BW  estará  embarcando juntamente com a equipe de inspeção na unidade para ajudar na localização dos quatro desaparecidos.