• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Assassinato de mulher por comissário da Espanha em Vitória tem repercussão internacional

  • COMPARTILHE
Polícia

Assassinato de mulher por comissário da Espanha em Vitória tem repercussão internacional

Os jornais da Espanha destacaram o caso e afirmaram que o comissário Jesús Figón, de 64 anos, já comandou a polícia em uma cidade da Espanha e era casado há quase 30 anos

A prisão do chefe do Departamento de Segurança da Embaixada da Espanha no Brasil, Jesús Figón, de 64 anos, após ter confessado assassinar a esposa, identificada como Rosimere Justino Lopes, de 56 anos, a facadas na cobertura de um prédio no bairro Jardim Camburi, em Vitória, na madrugada desta terça-feira (12), repercutiu em jornais da Espanha.

Fotos: ​Reproduções dos sites El País, Te Interessa, El Mundo e El Diário

O jornal espanhol El Mundo destacou que o comissário morava há dois anos e oito meses no Brasil e que, antes de vir ao País, tinha o cargo máximo como chefe de polícia da cidade de Alcalá de Henares, que faz parte da província de Madrid.

Já um dos jornais mais influentes da Espanha informou que a esposa, de nacionalidade brasileira, morava em Vitória, há 1.250 quilômetros de onde trabalhava, em Brasília. O apartamento de Jardim Camburi seria uma casa de férias.

O jornal El Diário informou que o comissário assassinou a esposa na residência localizada em Vitória, no Espírito Santo. O casamento de Jesús com Rosimere já durava quase três décadas.