• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após manhã de confronto, manifestantes encerram protestos em Vitória

  • COMPARTILHE
Geral

Após manhã de confronto, manifestantes encerram protestos em Vitória

De acordo com a Central de Videomonitoramento de Vitória, a Avenida Nossa Senhora da Penha, ficou bloqueada por cerca de 400 manifestantes. Os manifestantes encerraram o ato na Findes

Os manifestantes que estavam em frente ao prédio da Findes, se dispersaram Foto: Reprodução/TV Vitória

Após cerca de cinco horas de protesto, os manifestantes contrários à PL 4330/2004, que trata da terceirização, encerraram a manifestação em Vitória. O grupo caminhou da Ilha do Príncipe, próximo à rodoviária, até a sede da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), na Reta da Penha.

De acordo com a Central de Videomonitoramento de Vitória, a Avenida Nossa Senhora da Penha ficou bloqueada por cerca de 400 manifestantes. 

Motoristas que seguiam em direção ao Centro de Vitória ou à Serra precisaram passar por um desvio feito pela Guarda Municipal de Trânsito. No sentido Centro de Vitória, o congestionamento chegava até a sede da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), na Avenida Fernando Ferrari, no bairro Goiabeiras.

Veja a galeria de fotos.

Os pontos de ônibus em Vitória ficaram lotados já que nem todas as viações de ônibus estavam circulando, mas, segundo a Companhia de Transportes Urbanos da Grande Vitória (Ceturb-GV), a circulação já voltou ao normal. Várias empresas, como a Serramar, Unimar e Serrana, não conseguiram tirar os ônibus das garagens devido às interdições.

Bombas de efeito moral e confronto entre policiais e manifestantes na Ilha do Príncipe, em Vitória

Os acessos à Terceira Ponte foram liberados pelos manifestantes, mesmo assim, os motoristas precisaram ter paciência ao passarem pelo local, principalmente no sentido Vila Velha a Vitória, onde o trânsito chegava ao bairro de Coqueiral de Itaparica.