• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Delegado Fabiano Contarato critica governo atual e declara apoio a Paulo Hartung

Política

Delegado Fabiano Contarato critica governo atual e declara apoio a Paulo Hartung

Contarato seria o candidato ao Senado na chapa de Casagrande mas ele desistiu da disputa afirmando que havia tomado por motivos "estritamente pessoais"

Contarato desistiu de ser candidato na chapa de Casagrande e agora apoia candidatura de Hartung Foto: Reprodução Facebook

O delegado Fabiano Contarato  utilizou o Facebook  na noite desta segunda-feira (8) para declarar apoio a candidatura do ex-governador Paulo Hartung (PMDB). Os episódios que levaram o delegado a pedir afastamento da Delegacia de Delitos de Trânsito do Espírito Santo motivaram Contarato a apoiar Hartung e a criticar o atual Governo do Estado.

“O silêncio das autoridades estaduais rechaçado por mim – e respaldado em declarações e atitudes do Ministério Público e de especialistas do Direito da Universidade Federal do Espírito Santo - remete a uma lamentável leitura: o atual governo do Espírito Santo está longe de priorizar o combate à impunidade numa área que todos os dias, a toda hora, infelicita inúmeras famílias capixabas”, escreveu Contarato.

O delegado citou o  teólogo e filósofo Albert Schweitzer: “Dar o exemplo não é a melhor maneira de influenciar os outros - é a única”. E Contarato afirmou claramente que apóia Hartung: “democraticamente, tomo a liberdade de manifestar meu apoio integral à candidatura do ex-governador Paulo Hartung ao Governo do Estado, o qual tem assumido posições claras e firmes para que a impunidade e a corrupção não prosperem na administração pública”.

Contarato seria o candidato ao Senado  na chapa do governador Renato Casagrande (PSB), mas ele desistiu da disputa e se desfiliou do PR, sempre afirmando que havia tomado a decisão por motivos "estritamente pessoais". Na sabatina transmitida pela Jovem Pan News na semana passada, o candidato ao Senado  João Coser (PT) disse que pediria apoio ao delegado.

A reportagem do Folha Vitória tentou contato com Contarato, mas o telefone dele estava desligado. A assessoria do governador Renato Casagrande foi procurada, mas até a publicação desta matéria ainda não havia se manifestado. A reportagem também tentou contato com Hartung, mas até o fechamento ninguém tinha se pronunciado. 

Confira na íntegra a nota de Fabiano Contarato:

CARTA ABERTA AO POVO CAPIXABA


"Dar o exemplo não é a melhor maneira de influenciar os outros - é a única."
Albert Schweitzer

A falta de atitude e omissão do Governo do Estado no episódio envolvendo a recusa intempestiva do DETRAN-ES em fornecer à Delegacia de Delitos de Trânsito a identificação e endereço de motoristas que se encontram com a CNH suspensa ou cassada e do CETRAN-ES cancelar Autos de Infração de condutor flagrado em “Lei Seca” tem nome: IMPUNIDADE!

Ao longo de 22 anos de serviço público, 12 dos quais dedicados a Delitos de Trânsito, conquistei admiração e respeito por serviços prestados em defesa da vida e por uma luta sem trégua em propagar a consciência por um trânsito mais humano.

Entretanto, sinto-me profissionalmente ofendido ante os meus princípios de se fazer Justiça no limite e amparo da Lei e muitíssimo decepcionado com a cumplicidade governamental diante da tolerância com a incidência de crimes de trânsito.

O silêncio das autoridades estaduais rechaçado por mim – e respaldado em declarações e atitudes do Ministério Público e de especialistas do Direito da Universidade Federal do Espírito Santo - remete a uma lamentável leitura: o atual governo do Espírito Santo está longe de priorizar o combate à impunidade numa área que todos os dias, a toda hora, infelicita inúmeras famílias capixabas.

Como profissional solicitei minha remoção da titularidade do cargo na Delegacia de Delitos de Trânsito como forma de alertar as autoridades, para o perigoso descaminho que representava a recusa ilegal do DETRAN-ES. De nada adiantou. Pelo contrário, a Delitos de Trânsito passou a ser um incômodo e, por isso, passa por um processo de desconstrução de todo trabalho realizado até pouco tempo.

Mas, como cidadão, sinto-me no dever de conclamar meus familiares, amigos, colegas servidores públicos, alunos e a sociedade em geral, para uma reflexão sobre esse momento grave de nossa política. E, democraticamente, tomo a liberdade de manifestar meu apoio integral à candidatura do ex-governador, Paulo Hartung, ao Governo do Estado, o qual tem assumido posições claras e firmes para que a impunidade e a corrupção não prosperem na administração pública.

Vitória (ES), 08 de setembro de 2014.

Fabiano Contarato